3 de mai de 2009

Discurso

Uma pausa para mim.
Naquele sabbath, não houve leitura da torah nem homilias. As igrejas e tempos estavam estranhamente vazios, as pessoas passaram a procurar por respostas diretamente de Deus, ao invés de esperar as migalhas distribuídas pelos sacerdotes. As transmissões evangélicas, em rádio e televisão, cessaram. Nos canais via cabo, a CNN foi a primeira a transmitir, em meio a uma praça pública, em algum lugar do Brasil, o louco poeta entoando seus hinos à carne. Aquilo, que o louco chamava de poesia, recitava em rima caótica e entropia métrica algo parecido com o que segue:
-Senhor poeta, qual é a sua mensagem?
-A humanidade sonha. Eu servi ao Senhor, eu conheci os Altos Montes e os Profundos Vales.
-Senhor poeta, qual é a sua verdade?
-A humanidade desejou e seu apetite foi pela Eternidade.
-Senhor poeta, onde nós podemos achar a Deus?
-A humanidade, em seus sonhos de grandeza, deu vida a um fantasma. Este fantasma tomou muitas identidades, apareceu em diversas formas, mas o nome genérico é deus.
-Senhor poeta, qual é a sua religião?
-No alto da Montanha, um brilho fascinou o Homem. A humanidade começou a sonhar acordada, perdendo seu destino no meio de tantas ilusões.
-O que era brilho, a ilusão supôs ser um castelo, onde a fantasia entronou um Rei.
-A humanidade tem se ocupado em levantar totens. Agora, ela está presa e perdida na floresta criada com suas crendices e superstições.
-A humanidade, para chegar ao brilho na Montanha, trilhou muitos caminhos. Alguns foram calçados, outros sumiram. Pousadas foram erguidas, pequenas cidades, comerciantes fizeram clientela. Serviços profissionais, transportadoras e salteadores. Pontes, pedágios, portões e trancas.
-Até agora, toda religião foi formada de medidas humanas. Onde está a esperada medida espiritual e divina?
-Senhor poeta, o que devemos pensar das doutrinas oficiais?
-Ainda que louveis nos Altos Montes, a resposta que obterá vem do eco refletido no vazio do Abismo.
-Um deus que condena a carne, mas que a usa para seus projetos ou para sua manifestação, ainda pode ser considerado justo, santo e sagrado?
-Senhor poeta, após a morte há salvação ou redenção?
-Aquele que bate na porta de minha alma e não entra, é estranho.
-Senhor poeta, como fala com Deus?
-Ao Deus verdadeiro: Sem forma, Eterno, Inexprimível, Inominável. Aquele que repousa Seu louvor na convivência harmônica de toda Sua criação. Não gerou Herdeiro, nem nomeou representantes. A Vida é Sua Lei e a Realização é Sua Promessa. Senhor de todos os caminhos, o mesmo que reina no Alto e dentro do Homem. Além do dilema humano entre o Bem e o Mal, acima da necessidade humana entre o bom e o ruim. Aquele que conhece a natureza, tanto da carne quanto do espírito. Aquele que não sobrepõe o espírito sobre a carne, nem faz da carne escola do espírito. Não espera nosso arrependimento e despreza nosso remorso.
-Senhor poeta, qual nosso futuro no mundo espiritual?
-A Vida Eterna é uma realidade, a mesma que se vive na efêmera e o Paraíso é este mundo. Ao invés de uma Utopia, recheada de elaborações filosóficas, uma sociedade cidadã com ações práticas.
-Senhor poeta, qual a atual situação da humanidade?
-Ainda somos crianças, brincando com a terra do jardim.
Em inúmeros canais de rádio e televisão, inclusive os comerciais e privados do Brasil, o louco poeta foi convidado para entrevistas, debates e participações em outras atrações. Tudo que este circo procurava, mais um palhaço para vender publicidade. Evidentemente, canais sob o domínio de caudilhos, imitadores dos hábitos e estratégias do Miranda, usaram e distorceram os fatos para seus objetivos ecumênicos. Apesar deste esforço, o louco poeta teve engrandecido seu nome e eternizado pela patética Academia Brasileira de Letras, o deposito oficial de vermes literários. Diante das negativas de Satan em atender aos desejos da Grande Mídia em entrevistá-lo, houve um acordo global entre as diversas redes e o louco poeta foi convidado para ser o mediador, para que Satan pudesse falar, sem reservas e sem censura. Após difíceis negociações e acertos, o louco poeta foi levado até o local onde Satan estava estacionado. A expectativa é grande, mesmo que não funcione, ao menos se livrarão do louco poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário